A diretoria do Sindicato dos Servidores do Ministério Público da Paraíba (SINDSEMP-PB) entregou, nesta terça-feira (1º), ao governador Ricardo Coutinho (PSB), a relação com o resultado eleição paralela para o cargo de Procurador-Geral de Justiça, que foi realizada pela categoria no último dia 27. A iniciativa é Federação Nacional dos Servidores dos Ministérios Públicos Estaduais (Fenamp) em parceria com a Associação Nacional dos Servidores do Ministério Público (Ansemp) e busca a valorização da categoria em todo o país.

Na oportunidade, o governador foi representado pelo chefe de gabinete Nonato Bandeira. Participaram da audiência, o presidente reeleito SINDSEMP-PB, Daniel Guerra, o coordenador executivo da Fenamp, Aloysio Carneiro Júnior, e o vereador de João Pessoa, Eduardo Carneiro (PRTB).

Daniel Guerra disse que a iniciativa não tem o propósito de questionar a formação da lista tríplice oficial, uma vez que segue as regras atualmente vigentes na Constituição, e encontra-se formada por integrantes da carreira com notável capacidade de assumir a responsabilidade em ser o próximo Procurador-Geral de Justiça. Ele também lembrou que a iniciativa não busca interferir na prerrogativa da escolha que tem o chefe do executivo estadual, e sim tão somente externar as escolhas dos servidores na busca pela ampliação da democracia nos MPs. “Buscamos a aprovação da PEC 147/2015 para corrigir uma grave lacuna na nossa Carta Magna”, comentou.

Já Aloysio Carneiro disse que a Fenamp tem encampado uma luta em todo o país na defesa da PEC 147/2015. Ele lembrou que na Paraíba foi feita uma intensa campanha de mídia nos principais veículos de comunicação do estado, além das eleições paralelas que aconteceram concomitantemente à escolha da nova diretoria do SINDSEMP. “A iniciativa contou com a presença maciça dos servidores e busca a valorização de toda a categoria, na busca pela ampliação dos espaços democráticos dentro da nossa instituição”, afirmou.

Aloysio contou que nos próximos dias a Fenamp vai intensificar as atividades na Câmara dos Deputados e no Senado Federal em apoio às PECs que tramitam no Congresso Nacional.

O presidente da Ansemp, Francisco Antônio Távora Colares (Tony), destacou o engajamento do SINDSEMP e considerou a iniciativa bastante positiva. Para ele, os servidores da Paraíba  deram uma importante contribuição, no sentido de democratizar o acesso às instancias diretivas da instituição.

Tony também fez um apelo para que o governador Ricardo Coutinho escolha o próximo Procurador-Geral de Justiça com base na coincidência entre as listas dos servidores e dos membros.

O resultado das eleições paralelas foi o seguinte:

João Arlindo – 105 votos

João Geraldo – 97 votos

Clístenes Holanda – 96 votos

Valberto Lira – 78 votos

José Roseno – 75 votos

Francisco Seráphico – 62 votos

Amadeus Lopes – 25 votos

Alexandre Freire – assessoria

Deixe Seu Comentário