Reunidos em assembleia geral extraordinária na última sexta-feira (20), realizada na sede do SINDSEMP-PB, em João Pessoa, os servidores do Ministério Público da Paraíba (MPPB) não acataram a proposta de reajuste da forma como foi apresentada pela Administração Superior.

De acordo com o presidente do SINDSEMP, Felipe Medeiros, a categoria decidiu aceitar a proposta, desde que o percentual do retroativo seja concedido 1% em janeiro de 2020, e mais 2% em dezembro do mesmo ano.

O presidente Felipe Medeiros disse o sindicato vai continuar vigilante em busca de um consenso junto à Administração Superior para solucionar o pleito.

Deixe Seu Comentário